Qual é o melhor ar-condicionado portátil de 2024?

Melhores ares-condicionados portáteis | O que é | Comparativo | Como escolhemos

Ninguém merece passar calor, não é? Para que isso não aconteça, uma boa alternativa é ter o melhor ar-condicionado portátil de 2024!

Por sua instalação prática e fácil mobilidade, o aparelho tem se tornado um desejo de consumo para muitas pessoas em dias de altas temperaturas.

Se você é uma delas e quer saber qual é o melhor modelo de ar-condicionado portátil para investir, é só conferir nossas opções neste guia de compras!

TOP 6 melhores ar-condicionado portáteis

  1. Melhor ar-condicionado portátil: DeLonghi Pinguino PAC An120
  2. Possui sistema autolimpante: Prestigie Rheem 
  3. Ideal para lugares bem pequenos: Mini
  4. Alta potência: Dual Inverter LG
  5. 5 modos de operação: Philco PAC12000QF5 Virus Protect
  6. Compacto: Olimpia Compact
TOP 6 melhores ar-condicionado portáteis

O que é e como funciona um ar-condicionado portátil?

Um ar-condicionado portátil é um aparelho de climatização projetado para refrigerar ambientes de forma móvel e flexível.

Ao contrário dos sistemas de ar-condicionado convencionais, que são instalados permanentemente em uma janela ou parede, o ar-condicionado portátil pode ser movido de um cômodo para outro conforme necessário.

Este dispositivo geralmente inclui um condensador, um evaporador, um compressor e um ventilador, funcionando de maneira semelhante a outros tipos de ar-condicionado.

A diferença está na mobilidade, pois o ar-condicionado portátil é montado sobre rodas ou possui alças que facilitam o transporte.

Para operar, o ar-condicionado portátil requer uma fonte de energia elétrica e uma janela ou abertura para ventilar o ar quente gerado durante o processo de refrigeração.

Alguns modelos também têm a capacidade de desumidificar o ar, contribuindo para um ambiente mais confortável.

Este tipo de ar-condicionado é uma opção conveniente para aqueles que não podem ou não desejam instalar um sistema fixo em sua residência, sendo uma solução temporária ou para espaços específicos.

Principais diferenças em relação a outros tipos de ar-condicionado

Existem algumas diferenças entre o ar-condicionado portátil e o convencional. Aqui estão algumas das principais:

  • Mobilidade: pode ser movido de um cômodo para outro, pois diferente do ar-condicionado convencional, não requer instalação fixa.
  • Instalação: por ser portátil, não requer instalação permanente, apenas exige uma tomada elétrica e uma abertura para a saída de ar quente.
  • Capacidade de refrigeração: geralmente tem uma capacidade de refrigeração menor em comparação com os modelos convencionais.
  • Eficiência energética: pode ser menos eficiente energeticamente em comparação com os modelos convencionais.
  • Custo: normalmente, os modelos portáteis tendem a ser mais acessíveis, tanto em termos de custo inicial quanto de instalação.
  • Design: ar-condicionado portátil é mais compacto e menos intrusivo visualmente, mas ainda assim pode ocupar espaço no ambiente.
  • Desempenho em longo prazo: os modelos portáteis não são tão eficazes quanto os sistemas tradicionais em manter temperaturas consistentes em grandes espaços ou em climas muito quentes, mas é, como dizem, uma “mão na roda” para quem não pode ou não quer comprar um modelo convencional.

Portanto, a escolha entre um ar-condicionado portátil e um convencional dependerá das necessidades específicas do usuário, do espaço disponível e das preferências individuais.

Algo importante a destacar é que alguns aparelhos são vendidos como sendo ares condicionados, mas na verdade são climatizadores. Para ser, de fato, um ar condicionado, é preciso haver a troca de calor.

O trocador de calor faz o trabalho de inverter a temperatura do ar, ou seja, ele faz a retirada de ar quente do ambiente e a devolução de ar frio e refrigerado para o mesmo.

Como não há muitos ares condicionados portáteis disponíveis atualmente no mercado, esta lista poderá conter alguns produtos que, embora denominados pelo fabricante como ares condicionados, na verdade são climatizadores.

Quais os melhores ares-condicionados portáteis do mercado?

Em busca de um dispositivo prático e inovador? O ar-condicionado portátil DeLonghi Pinguino é, sem dúvida, a melhor escolha para o seu lar.

Ele tem uma incrível capacidade de se adaptar a diferentes tamanhos de cômodos, mantendo sua eficiência em espaços de 8 ou 20 m², graças aos poderosos 12.000 BTU’s que oferece.

E para quem se preocupa com a qualidade do ar, principalmente para quem sofre de alergias, como é o meu caso, este aparelho oferece o UV-Carelight e LED Ultravioleta – o primeiro refrigera e o segundo purifica o ar.

Testei essas tecnologias e posso afirmar que este ar-condicionado cumpre o que promete. 

Apesar de considerá-lo pesado, este ar-condicionado portátil de 12.000 BTUs é equipado com rodinhas e alças laterais resistentes para tornar seu transporte mais fácil.

Mesmo não sendo super silencioso (em um ambiente maior, você não será incomodado pelo som), ele merece o topo do ranking!

Características técnicas

  • BTU: 12.000
  • Ciclo: frio
  • Funções extras: Desumidificação, Timer, Aplicativo e Purificador
  • Ruído: 54 dB
  • Auto evaporação: sim
  • Dimensões: 79,5 x 40 x 45 cm (A x L x P)
  • Peso: 30 kg
  • Voltagem: 220V
Pros
  • Faz a troca de calor
  • Purifica
  • Desumidifica
  • Timer
  • Auto evaporação
  • Gás tipo R410a
  • Com rodinhas e alças laterais
Cons
  • Não é muito silencioso
  • Preço elevado

Embora esteja fora de estoque na maioria das lojas virtuais devido à onda de calor que estamos vivendo, eu não poderia deixar de fora o Prestige Rheem, um dos mais sofisticados e modernos dentre as opções que testei.

Ele tem um design bonito e eficiente e é de uma marca de confiança devido à sua alta tecnologia e modernidade. Se você possui um quarto entre 13 e 18 m², pode ter certeza de que ele deixa o ambiente fresco e confortável.

Mas o que vale destacar nesse ar condicionado portátil é que ele tem uma função especial: ele libera íons que protegem o ambiente contra bactérias e vírus.

Isso traz mais segurança e tranquilidade, sabendo que estou respirando um ar mais puro e saudável.

Lembrando que, para quem tem alergias, essa é uma função primordial para garantir a qualidade do ar e a nossa saúde.

Portanto, com base na minha experiência, este ar-condicionado Prestige Rheem tem ótimo desempenho de resfriamento e eficiência energética e vale a sua consideração.

Características técnicas

  • BTU: 11.000
  • Ciclo: quente e frio
  • Funções extras: Desumidificação, Ventilação, Resfriamento, Aquecimento, Timer, Sleep e Swing
  • Ruído: 52 dB
  • Auto evaporação: não informado
  • Dimensões: 79,3 x 49,4 × 42,3 cm (A x L x P)
  • Peso: 28 kg
  • Voltagem: 220V
Pros
  • Faz a troca de calor
  • Ventila
  • Desumidifica
  • Resfria e aquece
  • Sistema autolimpante
  • Filtro lavável
  • Gás tipo R410a
  • Controle sem fio
Cons
  • Requer maior cuidado devido ao filtro de íons
  • Não é muito silencioso
  • Não atende bem ambientes maiores de 20 m²

Considerando que o ar-condicionado gela o ambiente todo, a solução mais viável para quem precisa de algo individual é comprar uma versão mini portátil.

Então, o ar-condicionado portátil pode tornar sua vida mais prática, mesmo com uma potência baixa de 10W.

Seu design compacto e leve e seus 3 níveis de ventilação são suficientes para resfriar, umidificar e purificar, ideal para quem tem alergias.

Mas vale destacar que, pela sua potência, ele é ideal apenas para lugares pequenos, de preferência, o mais próximo de você.

Durante meus testes, ele cumpriu seu papel quando estava trabalhando no computador.

A única ressalva é que ele consegue ser mais barulhento do que as versões tradicionais. Não dava para ser perfeito, não é?

Ainda assim, ele possui vantagens, tais como bateria recarregável com duração de 8 horas, cabo USB incluso, luzes indicadoras de funcionamento e baixo consumo de energia.

Mas vale lembrar que, embora descrito como ar condicionado pelo fabricante, o produto é apenas um climatizador, já que não faz a troca de calor no ambiente, apenas libera um ar levemente gelado.

Características técnicas

  • BTU: não informado
  • Ciclo: frio
  • Funções extras: Ventilação, Resfriamento, Umidificação e Purificação
  • Ruído: 68 dB
  • Auto evaporação: não informado
  • Dimensões: 17 x 14,5 x 16 cm (A x L x P)
  • Peso: 0,85 kg
  • Voltagem: bivolt
Pros
  • Bateria com duração de 8 horas
  • Baixo consumo de energia
  • Tanque de água com 250 ml
  • Luzes de LED
  • Três níveis de ventilação
  • Fácil de transportar
Cons
  • Não faz a troca de calor, apenas gela o ambiente
  • Pouco potente
  • Funciona melhor próximo do usuário

Este ar-condicionado portátil da LG é a escolha ideal para quem busca eficiência econômica e as mais avançadas tecnologias do mercado.

Equipado com um compressor inverter e uma capacidade de 14.000 BTUs, este aparelho é incrivelmente potente, garantindo um resfriamento eficaz mesmo em espaços mais amplos.

Você pode fazer ajustes à distância de qualquer ponto da casa com o controle remoto, o que garante muita praticidade.

Desenvolvido sob medida para quem valoriza potência e eficiência, este modelo da LG reduz o consumo de energia em até 40% em comparação com outros da mesma categoria, proporcionando um excelente custo-benefício a longo prazo.

Além disso, para garantir estabilidade, o ar-condicionado conta com rodinhas de borracha antiderrapante, evitando qualquer deslize.

Em meus testes, não tive nenhum problema quanto à mobilidade e realmente as rodinhas antiderrapantes ajudam bastante a evitar possíveis acidentes.

Suas funcionalidades inteligentes, como o Timer, possibilitam programar o funcionamento do aparelho durante períodos específicos do dia, tornando a experiência ainda mais conveniente e personalizada.

Este é o companheiro ideal para um ambiente sempre fresco e confortável.

Entretanto, não posso deixar de mencionar que é um dos aparelhos de ar-condicionado mais caros que você poderá encontrar. Seu preço ultrapassa facilmente um ar condicionado de parede, então, analise com calma para decidir se vale a pena.

Características técnicas

  • BTU: 14.000
  • Ciclo: frio
  • Funções extras: Resfriamento, Desumidificação, Ventilação, Timer, Fan Speed, Energy Saver
  • Ruído: 44 dB
  • Auto evaporação: não informado
  • Dimensões: 76,5 x 49,3 x 46 cm (A x L x P)
  • Peso: 32,2 kg
  • Voltagem: 127V
Pros
  • Faz a troca de calor
  • Função Smart
  • Baixo consumo de energia
  • Alta potência
  • Base com borracha antiderrapante
Cons
  • Preço elevado
  • É um pouco barulhento

O ar-condicionado portátil Philco PAC12000QF5 Virus Protect é a minha próxima recomendação para tornar seu ambiente mais confortável.

Disponível na versão Quente/Frio e compatível com alimentação de 220V (modelo PAC12000QF6), este aparelho oferece funções essenciais: aquecimento, resfriamento, ventilação, desumidificação e purificação do ar.

Versátil, ele cabe em qualquer espaço, garantindo um ambiente livre de alérgenos e impurezas para melhorar sua qualidade de vida. Isso é bastante vantajoso para quem sempre muda de lugar.

A função Dormir ajusta gradualmente a operação para proporcionar uma noite de sono perfeita, enquanto a Função Oscilação distribui o ar de forma eficiente para um alto desempenho na refrigeração do ambiente.

O painel digital moderno e intuitivo, juntamente com o controle remoto, se tornam práticos na hora de configurar as funções. Além disso, o filtro Antibacteriano, de fácil remoção e limpeza, melhora a filtragem do ar.

Por fim, o uso do gás Ecológico R410a garante um aparelho não inflamável, atóxico e menos prejudicial para a camada de ozônio.

Características técnicas

  • BTU: 12.000
  • Ciclo: quente e frio
  • Funções extras: Aquecimento, Resfriamento, Ventilação, Desumidificação, Purificação, Timer, Dormir e Oscilação
  • Ruído: não informado
  • Auto evaporação: sim
  • Dimensões: 71,5 x 41,5 x 35 cm (A x L x P)
  • Peso: 25 kg
  • Voltagem: 220V
Pros
  • Faz a troca de calor
  • 5 modos de operação
  • Auto evaporação
  • Filtro antibacteriano
  • Controle remoto
  • Gás tipo R410a
  • Painel digital
Cons
  • Não é silencioso

Desenvolvido na Itália, o Olimpia Splendid Dolceclima Compact é a melhor opção para quem quer um ar-condicionado portátil que realmente ocupe pouco espaço, pois seu tamanho é 25% menor quando comparado a um modelo tradicional.

Além do tamanho reduzido, a função de auto evaporação da água é extremamente conveniente, eliminando a necessidade de esvaziar constantemente um reservatório. 

O desumidificador embutido é uma adição útil, especialmente em ambientes úmidos.

Para quem tem dificuldade para dormir, a função Sleep ajusta gradualmente a temperatura durante a noite. Fiz o teste e me dei conta de que os 52 dB dele passam despercebidos devido à sensação agradável para dormir.

Tem mais: o conjunto de 3 filtros – HEPA, carbono ativado e foto catalítico – não apenas resfria o ambiente, mas também melhora significativamente a qualidade do ar que respiramos.

Então, com base na minha experiência e levando em conta que ele gela muito bem em dias quentes, este é um dos melhores aparelhos de ar-condicionado portáteis de 2023.

Características técnicas

  • BTU: 10.000
  • Ciclo: frio
  • Funções extras: Ventilação, Resfriamento, Desumidificação e Automático
  • Ruído: 52 dB
  • Auto evaporação: sim
  • Dimensões: 70 x 35 x 34,5 cm (A x L x P)
  • Peso: 23 kg
  • Voltagem: 127V
Pros
  • Faz a troca de calor
  • Auto evaporação
  • Desumidifica
  • Controle remoto
  • Com 3 filtros
  • Leve
  • Função Sleep
  • Alças laterais e rodinha rotativa
Cons
  • Apenas função frio

Comparação entre os melhores ar-condicionado portátil

Agora que você já conhece o nosso TOP 6 melhores ar-condicionado portáteis, confira uma tabela comparativa dos produtos selecionados:

ProdutoBTUCicloFunções extrasTamanho (A x L x P)Peso (kg)Voltagem (V)
DeLonghi Pinguino PAC An12012.000FrioDesumidificação, Timer, Aplicativo e Purificador79,5 x 40 x 45 cm30220
Prestigie Rheem11.000Quente/FrioDesumidificação, Ventilação, Resfriamento, Aquecimento, Timer, Sleep e Swing79,3 x 49,4 × 42,3 cm28220
MiniNão informadoFrioVentilação, Resfriamento, Umidificação e Purificação17 x 14,5 x 16 cm0,85bivolt
Dual Inverter LG14.000FrioResfriamento, Desumidificação, Ventilação, Timer, Fan Speed, Energy Saver76,5 x 49,3 x 46 cm32,2127
Philco PAC12000QF5 Virus Protect12.000Quente/FrioAquecimento, Resfriamento, Ventilação, Desumidificação, Purificação, Timer, Dormir e Oscilação71,5 x 41,5 x 35 cm25220
Olimpia Splendid Dolceclima Compact10.000FrioVentilação, Resfriamento, Desumidificação e Automático70 x 35 x 34,5 cm23127
Quanto mais BTUs, maior a capacidade de gelar o ambiente
Imagem: Freepik

O que você deve saber antes de comprar um ar-condicionado portátil?

Além de compreender os detalhes da instalação e o significado de BTU no contexto de ar-condicionado, há outras características igualmente pertinentes a serem consideradas antes de efetuar a compra. A seguir, apresentamos quais são essas considerações:

Tamanho e peso do aparelho

Ao escolher um ar-condicionado portátil, é fundamental prestar atenção ao tamanho e peso do aparelho antes da compra. Esses fatores não apenas influenciam na facilidade de transporte, mas também na eficiência do resfriamento.

Um equipamento muito pesado pode dificultar a mobilidade, limitando sua utilidade em diferentes cômodos.

Além disso, o tamanho do aparelho deve se adequar ao espaço disponível, garantindo uma ventilação adequada.

Não adianta, por exemplo, comprar o melhor ar-condicionado portátil, mas deixar algum móvel obstruir sua saída de ar frio (fiz isso no meu primeiro aparelho e passei sufoco).

Então, comprar um ar-condicionado portátil adequado ao ambiente resulta em melhor desempenho e eficiência energética, contribuindo para um uso mais consciente da energia.

Quantidade de BTU

A sigla BTU representa a Unidade Térmica Britânica, indicando a potência do ar-condicionado. Embora mais BTUs signifiquem maior capacidade de refrigeração no modelo portátil, não necessariamente será o melhor para você.

A escolha ideal requer uma fórmula simples, considerando o tamanho do espaço e sua exposição solar. Não basta focar apenas nos BTUs.

Na primeira vez que testei, foquei nos BTUs e o resultado foi um gasto desnecessário para o meu ambiente, porque descobri que a eficácia do aparelho depende de um cálculo personalizado.

Portanto, ao investir em um ar-condicionado portátil, é essencial considerar as características específicas do ambiente, garantindo não apenas eficiência, mas também economia de energia.

Sendo assim, deve-se calcular 600 BTUs por metro quadrado + 600 BTUs por pessoa adicional no ambiente (excluindo você).

Caso o ambiente receba muito sol e tenha muitos aparelhos eletrônicos, principalmente computadores, esse valor aumenta para 800 BTUs por metro quadrado + quantidade de pessoas adicionais.

Fazendo essa conta, você não corre o risco de comprar um aparelho com baixa potência e que não vai te refrescar – ou, ao contrário, gastar ainda mais com o valor do aparelho (porque quanto mais potente, mais caro) e o valor do consumo com um ar-condicionado com potência acima do que você precisa.

Quantidade de tubos

Optar por um ar-condicionado portátil com tubo extensor único pode ser uma escolha mais econômica, porém, menos potente, ideal para espaços pequenos.

Esses modelos utilizam um único tubo para resfriar o ar quente absorvido, enviando-o pelas saídas frontais do aparelho. Contudo, devido ao tubo singular, sua eficiência é limitada.

Por outro lado, os aparelhos com extensor duplo, embora mais caros, oferecem maior potência, sendo mais adequados para ambientes maiores.

Um tubo absorve o calor externo, refrigerando-o para o ambiente interno, enquanto o segundo expulsa o resíduo de ar quente gerado.

Essa configuração torna o sistema mais eficiente, garantindo um desempenho superior em refrigeração. Considerar essas opções permite escolher o aparelho mais adequado às necessidades específicas de cada ambiente.

Verifique se o ar-condicionado portátil é para você mesmo

Os aparelhos de ar-condicionado portátil se destacam como escolhas ideais para quem mora de aluguel, condomínios com restrições de fachada ou quem busca uma solução refrescante sem a complexidade e custo de instalações fixas.

Versátil e de fácil instalação, este aparelho requer apenas uma janela próxima, permitindo o deslocamento conforme necessidade. Além disso, o custo é mais acessível em comparação aos modelos split.

Você pode estar se perguntando por que o ar-condicionado portátil precisa ficar próximo da janela. É porque o aparelho capta o ar quente externo para convertê-lo em ar frio, proporcionando conforto interno. Ou seja, é a troca de calor que mencionei lá no início.

Para operar corretamente, o ar-condicionado portátil precisa manter um espaço mínimo de 30 cm da parede, e o tubo deve permanecer o mais reto possível.

É importante notar que, devido ao tamanho compacto, esse modelo pode não ser tão potente quanto um split.

No entanto, ao calcular a quantidade adequada de BTUs para o ambiente e considerar outras características específicas, o ar-condicionado portátil tem o potencial de atender muito bem às suas necessidades.

Selo Procel

Não tem como fugir do aumento da conta de luz quando se usa um ar-condicionado portátil, mas é possível comprar aparelhos mais econômicos. E como saber isso? Através do selo Procel.

O selo classifica os aparelhos eletrônicos em geral, de A a E, sendo A os mais econômicos.

O ideal é escolher pelos que têm a classificação A, ou seja, possuem alta eficiência energética, entregando o seu melhor desempenho sem gastar muita energia.

Nível de ruído

Ninguém merece se livrar do calor, mas ficar se incomodando com barulho enquanto está dormindo ou se concentrando no trabalho.

Por isso, é importante prestar atenção nas especificações técnicas do ar-condicionado portátil. Analisar avaliações de quem já comprou o mesmo modelo é uma prática inteligente também.

Embora, em geral, os portáteis sejam mais ruidosos que os splits, é essencial observar que alguns apresentam níveis de ruído mais elevados que outros. Geralmente, um ar-condicionado portátil tem entre 50 a 70 dB, mas é possível encontrar níveis abaixo de 40.

Portanto, vale a pena analisar esse aspecto para garantir não apenas o conforto térmico, mas também uma experiência tranquila e silenciosa.

Auto evaporação da água

Alguns aparelhos mais simples ou até modelos um pouco mais antigos necessitam que a água que eles produzem durante o processo de refrigeração seja retirada manualmente. No entanto, isso é um inconveniente, já que precisa de um balde ou algo semelhante para essa função.

Felizmente, existem os modelos de ar-condicionado portátil com tecnologia de auto evaporação e que, como o nome sugere, evaporam a água gerada de forma automática. Sendo assim, são muito mais práticos e melhores de usar.

Praticidade

Antes de escolher o modelo ideal para você, verifique se tem rodinhas e é fácil de carregar, caso você queira mover ele de um ambiente para outro.

Alguns modelos ainda possuem controle remoto, display digital e filtros laváveis. Tudo isso e mais um pouco torna a vida mais prática. Portanto, verifique quais os recursos são importantes para você.

Função quente e frio

Alguns aparelhos de ar-condicionado portátil contam com as funções quente e frio, o que pode ser muito vantajoso para algumas pessoas e nem tanto para outras.

Para pessoas que moram na região Sul do país, que costuma passar por períodos de baixas temperaturas, a função quente pode ser muito interessante.

Enquanto isso, para quem vive no Sudeste, Norte e Nordeste, que faz calor quase o ano interno, essa função pode ser irrelevante.

O melhor ar condicionado portátil do mercado
Imagem: Freepik

É preciso colocar água no ar-condicionado portátil?

Não, o ar-condicionado portátil não requer o acréscimo de água manualmente. Na verdade, o próprio aparelho produz um pouco de água durante o processo de esfriamento do ar.

Nesse sentido, o usuário precisa apenas garantir que o recipiente/reservatório de coleta de água (se houver) esteja vazio, ou que o tubo de exaustão esteja corretamente instalado para liberar a água condensada para o exterior.

Sem a necessidade de adicionar água manualmente, esses aparelhos são projetados para operar de forma autônoma na produção e gerenciamento de condensação.

Alguns climatizadores, no entanto, que são vendidos como ares-condicionados, precisam sim da adição de água – ou até gelo – para refrescar o ambiente.

Quantos metros quadrados um ar-condicionado portátil refrigera?

A capacidade de refrigeração de um ar-condicionado portátil é medida em BTUs. Vou considerar, como exemplo, um espaço de 10 m² que teoricamente requer um aparelho de 6.000 BTUs. No entanto, é preciso considerar alguns fatores, como presença de pessoas e de eletrônicos.

Sendo assim, temos o seguinte cálculo – considerando que, para cada fator, acrescentamos 600 BTUs mais 800 BTUs para exposição de sol:

  • Cômodo de 10 metros: 6.000 BTUs
  • Três pessoas: 1.800 BTUs (600 BTUs por pessoa)
  • Três computadores: 1.800 BTUs (600 BTUs por computador)
  • Exposição ao sol: 800 BTUs
  • Total: 10.400 BTUs

Essa abordagem personalizada leva em consideração fatores específicos do ambiente, como isolamento térmico, altura do teto, exposição ao sol e presença de equipamentos eletrônicos que geram calor.

Ao escolher um ar-condicionado portátil, é aconselhável considerar não apenas a área total do espaço, mas também esses fatores adicionais para garantir uma refrigeração eficiente.

Quanto de energia gasta um ar-condicionado portátil?

O consumo de energia de um ar-condicionado portátil pode variar dependendo de diversos fatores, como a capacidade do aparelho (medida em BTUs), a eficiência energética, a temperatura ambiente e a configuração de uso.

Em média, um ar-condicionado portátil pode consumir até 1500 watts por hora.

Para obter uma estimativa mais precisa do consumo de energia, é importante verificar a etiqueta de eficiência energética do aparelho (selo Procel), que fornece informações sobre o consumo em diferentes condições de operação.

Além disso, a escolha de ajustes adequados, como a temperatura desejada e o uso de recursos de economia de energia, pode impactar significativamente no consumo total.

Conclusão

Um ar-condicionado portátil é muito útil para ambientes pequenos e para quem não pode adquirir um aparelho tradicional, seja pelo preço ou por sua instalação.

A depender do espaço onde ele será usado, é possível garantir o mesmo nível de refrigeração de um ar-condicionado convencional. Além disso, você conta com a mobilidade que somente um produto portátil pode proporcionar.

Por fim, espero que este artigo sobre o melhor ar-condicionado portátil de 2023 tenha sido útil para você nunca mais sofrer com o calor. E se você tem alguma dúvida, é só deixar um comentário aqui embaixo.

Aproveite para conferir nossos artigos sobre ventiladores de mesa e purificadores de ar e descubra qual deles é o ideal para você!

Giovanna Coppola
Giovanna Coppola

Formada em Ciência da Computação, sempre gostou muito de tecnologia e também de escrever (por pouco, não fez jornalismo). No PesquiseiComprei.com.br, produz conteúdo sobre vários assuntos, desde produtos de beleza, passando por suplementos alimentares, chegando a eletrodomésticos para cozinha. É apaixonada por pesquisar e avaliar de forma profunda os produtos, para escrever as melhores reviews e recomendações possíveis.

O que achou das nossas recomendações? Deixa sua mensagem:

Deixe um comentário

Sobre Nós

O www.pesquiseicomprei.com.br foi fundado em Agosto de 2021, durante a pandemia. E nasceu com um objetivo: ser o maior site de recomendações de produtos do Brasil.

 

De lá pra cá, já crescemos e conquistamos muita coisa, mas ainda existe muito trabalho pela frente. 

 

Todas as nossas análises são feitas por pessoas e para pessoas. Valorizamos muito a qualidade do conteúdo que publicamos e esperamos que nossas recomendações possam te ajudar a escolher os melhores produtos. 

Quando você compra por meio de links em nosso site, podemos ganhar uma comissão de afiliado sem nenhum custo para você.

© 2018-2023 www.pesquiseicomprei.com.br. Todos os direitos reservados.

Mapa do Site

Pesquisei, Comprei
Logo